SES-AM inicia transferência para Manaus das vítimas de acidente na BR-174

Foto: Divulgação SES-AM

O Governo do Amazonas iniciou, por meio da Secretária de Estado de Saúde (SES), na segunda-feira (10), o processo de transferência, para Manaus, dos integrantes da quadrilha junina Caipira na Roça, que sofreram acidente domingo (09), na BR-174, após o ônibus de uma empresa privada em que estavam perder o controle e tombar na pista durante o retorno para Manaus.

As primeiras remoções foram realizadas por meio de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea. Foram transferidos para Manaus, Diandra Estefany Martins de Brito, 30, e Matias de Almeida Soares, 11, que estavam internados no Hospital Geral de Roraima (HGR) e no Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA), respectivamente, em Boa Vista.

Diandra chegou em Manaus na noite desta segunda-feira, sendo encaminhada para o Pronto-Socorro 28 de Agosto, para avaliação e procedimentos médicos. Matias foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro da Criança Zona Leste, “Joãozinho”.

Segundo a secretária de Saúde, Nayara Maksoud, uma equipe com profissionais das secretarias estaduais de Saúde (SES-AM), de Cultura e Economia Criativa (SEC) e de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) continua em Boa Vista dando todo suporte aos pacientes, conforme determinação recebida do governador Wilson Lima.

“Os pacientes transferidos por UTI aérea receberam parecer médico para continuarem os procedimentos e tratamentos em Manaus, mais próximo dos familiares”, afirmou.

Ainda conforme a secretária, na terça-feira (11/06) está prevista a transferência por UTI aérea, de mais quatros pacientes que seguem internados no Hospital Regional Sul Governador Otomar de Souza Pinto, em Rorainópolis.

São eles: Marcio Oliveira Soares, 50, Annie Souza de Almeida, 33, Nelci de Oliveira Couto, 51 e Nayara Fernanda do Canto Girão, 30.

As pessoas que receberam alta médica no domingo (09/06) e não apresentam problemas de saúde retornariam na noite de segunda-feira, por via terrestre.

“O Governo do Amazonas não tem medido esforços para prestar todo suporte necessário aos pacientes. Temos também contado com a parceria do Governo de Roraima, das prefeituras de Boa Vista e Rorainópolis, que através de seus profissionais acolheram os nossos amazonenses, oferecendo o melhor atendimento possível”, destacou Maksoud.

Pacientes de alta médica serão transferidos

Seis integrantes da quadrilha que já receberam alta médica na tarde desta segunda-feira, porém não apresentam condições físicas de retornar para Manaus via terrestre, serão transferidos em aeronave comum.

São eles: Ana Lúcia Rodrigues da Silva, 35, Alana da Silva Pinto, 11, Maria Claudia de Souza, 48, Natan Brito Ramos, Nathaly Geovana Silva Ramos e Célio Mendes da Silva.

Com informações da assessoria