Polícia Federal destrói 23 dragas do garimpo ilegal no rio Madeira, em Autazes

foto: divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal e o IBAMA realizam nesta quinta-feira (4), operação conjunta que tem por objetivo a identificação, abordagem e inutilização de balsas/dragas que operam a atividade de garimpo ilegal de ouro na calha do Rio Madeira, próximo ao município de Autazes/AM.

A operação teve como resultado a destruição total de 23 balsas/dragas utilizadas à prática de garimpo ilegal, e contou com a participação de Policiais Federais do Grupo de Pronta Intervenção e fiscais do IBAMA.

A Polícia Federal esclarece que atualmente toda a atividade de lavra de ouro no Rio Madeira é ilegal e que, portanto, as ações objetivando a desintrusão dessa importante hidrovia federal continuarão a ser realizadas, assim como serão estendidas em 2022 a outras regiões de garimpo ilegal detectadas no Estado do Amazonas.

Com informações da assessoria



Artigo anteriorCâmara aprova novamente, em 1º turno, cassação de vereador do PT que invadiu igreja
Próximo artigoRicardo Nicolau tem apoio do PSB, de Serafim Corrêa, na disputa ao governo do Amazonas