Milícia digital: relatório da PF ​cita Jair, Flávio e Carlos Bolsonaro

Em relatório sobre a difusão de notícias falsas e ataques com o objetivo de desestabilizar o Estado Democrático de Direito, a Polícia Federal aponta o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e dois de seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro e vereador Carlos Bolsonaro, como envolvidos na “milícia digital”.

A informação consta em decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que mandou arquivar o inquérito dos atos antidemocráticos, mas mandou abrir uma nova frente de investigação, agora, para apurar uma “organização criminosa” de ataques contra a democracia.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta